instagram.com/_nandaandrade_ https://plus.google.com/+ThebeautyofficeBr1/

Crescer sem perder a essência

20 de fev de 2013

Crescer sem perder a essência... Muitos deixam para trás a identidade e vão em busca de uma personalidade imposta pelos outros.


Estava relendo um blog que adorava, era fã de carteirinha!! Me identificava com a autora e amava o jeito que ela escrevia, como vivia a rotina do dia a dia de forma leve, divertidade e sem frescuras. Mas a essência dela foi mudando na medida em que o blog cresceu. Hoje, para matar saudades de outra época fui parar nos posts dos primeiros anos da blogueira e para meu espanto, quanto mais eu lia, eu não acreditava que era a mesma pessoa que dá continuidade no blog hoje. Outros valores vieram com o crescimento do padrão de vida.

A mesma pessoa que há 5 anos criticava um sanduiche de R$ 35,00 e desejava uma bolsa de marca famosa (e pediu sugestão de opções mais baratas), hoje esbanja uma bolsa de mais de R$2.000,00 como se fosse algo normal e banal. E fico me perguntando: Até onde isso é válido? Me assustei. Vale tudo nesse mercado de blogs, mídias e afins?


C. S. Lewis disse uma vez: “A visão moderna, a meu ver, envolve uma falsa concepção de crescimento somos acusados de retardamento por que não perdemos um gosto que tínhamos na infância. Mas, na verdade, o retardamento consiste não em recusar-se as coisas antigas, mas sim em não aceitar coisas novas. Hoje gosto de vinho branco alemão, coisa de que tenho certeza de que não gostaria quando criança; mas não deixei de gostar de limonada. Chamo esse processo de crescimento ou desenvolvimento, por que ele me enriqueceu. Se ante eu tinha um único prazer agora tenho dois. Porém, se eu tivesse que perder o gosto por limonada para adquirir o gosto por vinho, isso não seria crescimento, mas simples mudança”.(In: As crônicas de Narnia. Volume único. Editora Martins Fontes. Página 744)

Enfim, devemos sim crescer, evoluir.... mas sem mudar aquilo que nós somos por essência. Concordam?

Ps: Antes de terminar esse post, preciso dizer que parece mil anos que não venho por aqui, né?! Desculpe o sumiço, mas foi necessário. Precisava do tempo offline para colocar a vida em dia.  Descansei muito no carnaval, mas o trabalho tem consumido todas as minhas energias ultimamente.


0 comentários:

Postar um comentário

Todos os comentários aguardam por moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...