instagram.com/_nandaandrade_ https://plus.google.com/+ThebeautyofficeBr1/

Conhecendo Buenos Aires

31 de mar de 2014


Acabei de voltar da minha primeira viagem internacional. Quem me segue pelo Instagram (segue aí: @_nandaandrade_ ) viu as fotos em primeira mão! Sempre gostei de viajar e conhecer outros lugares, mas viajar para fora do país era sonho e paixão antiga. Não pensava em fazer uma viagem destas tão cedo, mas ao procurar promoções e destinos de viagem para minhas férias, achei os preços para alguns países mais baratos do que viajar para destinos dentro do Brasil, como as praias do nordeste e Serra Gaúcha no sul.


Minha viagem foi a mais clichê do mundo: passei 10 dias em Buenos Aires. Li muito sobre a cidade em blogs e livros de guia de viagem e achei que seria romântica, bonita e cabia exatamente no meu bolso. Então era o destino perfeito para ir com o Thiago (marido aí na foto de cima! rsrsrs).

Conseguimos uma promoção pelo Submarino Viagens e pagamos R$1.300,00 cada para ficar do dia 21/03 até 30/03. Esse preço saiu muito barato, pois incluí as passagens de ida/volta, as diárias do hotel e todas as taxas de embarque. Se tivéssemos feito a opção mais rápida que a maioria das pessoas fazem com roteiro de 5 dias, teria ficado em torno de R$900,00 por pessoa, mas eu não queria conhecer a cidade às pressas. Queria ter tempo para fazer tudo com calma, acordar tarde (afinal de contas estou de férias e sou dessas que ama dormir!), almoçar e curtir a gastronomia local em todos os seus detalhes, tirar muitas fotos, comprar...


A nossa promoção poderia ter ficado um pouco mais barata pela Gol, mas acho que valeu muito ter conseguido pegar vôo direto Belo Horizonte/Buenos Aires pela Aerolíneas Argentinas, já que por eles a duração da viagem é de 2h50mim sem escalas. Pela Gol teríamos ficado umas 9h em ponte área com escala em São Paulo e morro de preguiça de ficar em Aeroporto mofando.




O que levei em consideração para conseguir preços bons para a viagem

1. Pesquisei muito meses antes e ficava de olho nas promoções de sites como o Submarino Viagens, Decolar.com, CVC e os sites das linhas áreas. Toda semana havia mudanças nos preços.

2. A escolha do hotel foi por custo/benefício: ele não ficava nas principais áreas de BsAs, mas era confortável e conseguimos fazer muitas coisas a pé, e mesmo quando usamos táxi para se locomover ficava barato. Pagamos abaixo da média dos principais hotéis e fomos muito bem servidos (tinha um recepcionista apaixonado pelo Brasil e ele era um amor com a gente. Nos deu muitas dicas para não cair em programas furada só pra turista ver!). 

3. Viajamos em baixa temporada, então os preços já estavam mais em conta. Os melhores meses de promoção são março e outubro para ir pra lá.

4. Fiz contato com um casal de brasileiros que moram por lá que fazem pacotes de passeio e troca de moeda (câmbio real/pesos argentinos) muito melhor que o câmbio oficial. Trocamos com eles R$1 a $4 pesos. Amei o serviço deles: tanto do câmbio e quanto do passeio! Indico pra todo mundo.

5. Li muitooooo, mas muito mesmo sobre o nosso destino. Então a dica é sempre pesquisar o local de destino. Quando cheguei lá, já sabia todos os passeios que queria fazer, os lugares turísticos mais badalados, onde comprar muita coisa e principalmente sabia o que não fazer pra não cair em ciladas! Acho que uma das partes mais gostosas da viagem foi planejar e sonhar com tudo isso!

Enfim, fizemos um roteiro bem completo e vou mostrar tudo montando posts separados por passeios pelos principais bairros,  Zoo, Show de Tango e outras dicas. Espero que gostem de conhecer um pouco de BsAs comigo. =)

1 comentários:

  1. Que tudo esse post. Vou acompanhar, pois pretendo ir em BsAs ainda esse ano. Adorei.

    ResponderExcluir

Todos os comentários aguardam por moderação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...